Traga a memória o que pode te dar espença

 

O objetivo desse Refrigério Teológico é refletir sobre MEMÓRIA e ESPERANÇA, duas palavras significativas que estão juntas em Lamentações 3:21-24, e que nos impele a uma ação – TRAZER.

“Quero trazer à memória o que me pode dar esperança. As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim, renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto, esperarei nele” (Lamentações 3:21-24)

Lamentavelmente a maioria das pessoas não sabem a diferença entre o substantivo ESPERANÇA e o verbo ESPERAR, e essa é uma das grandes razões pelas quais a maioria delas não conseguem realizar/concretizar os seus sonhos/objetivos.

Há algo que quem que não tem nada ou quase nada na vida não pode perder jamais: é a esperança!

Ter esperança de que as coisas vão melhorar, não é o mesmo que esperar que as coisas melhorem. Veja porquê!

Refiro-me ao substantivo cognato do verbo esperançar, que, por sua vez, significa “levantar-se e ir atrás; agir; construir alternativas e soluções; levar adiante uma ideia, um projeto; nunca desistir”. 

Esperançar é almejar, sonhar, agir, buscar, é olhar e reagir a tudo aquilo que não tem saída, é deixar a zona de conforto para nos lançar em novas perspectivas e provocar as mudanças que se fizerem necessárias.

O filósofo Mario Sergio Cortella defende que uma das coisas mais importantes na vida é justamente a esperança, do verbo esperançar, e não do esperar. “Espero que dê certo, espero que resolva. Isso é espera, não esperança. Esperançar, que é de onde vem a palavra esperança, é ir atrás, não desistir”

É claro que nunca é fácil fazer isso, e é natural ter medo.

Mas quem tem esperança, mesmo que esteja embebido em receio e em insegurança, não se deixa dominar por esses sentimentos.

Ao contrário, enfrenta com coragem os entraves, os problemas, os obstáculos, os inimigos.

Encara de frente o que quer que esteja atrapalhando o caminho em direção à realização dos seus projetos.

Pessoas assim têm consciência de que, em uma cabeça cheia de medos, não há espaço para sonhos.

Olá, graça e paz, aqui é o seu irmão em Cristo, Pr. Francisco Miranda do Teologia24horas, que essa PAZ que EXCEDE todo ENTENDIMENTO, que é CRISTO JESUS, seja o árbitro em nosso coração, nesse dia que se chama HOJE. (Fl 4:7; Cl 3:15)

Na Bíblia, podemos encontrar três palavras sobre ESPERANÇA, e todas elas buscam expressar que a verdadeira esperança está em Deus.

Yachal: é um termo hebraico que significa: “permanecer confiante”, “aguardar pacientemente”.

Tiqvah: é um termo também hebraico que significa: “Olhar esperançosamente”

Elpis: é termo grego e significa “permanecer confiante em uma promessa”.

Pelo que você já pôde perceber que ter ESPERANÇA não tem nada a ver com ESPERAR.

É muito importante que você entender essa diferença, enquanto que ter ESPERANÇA significa “almejar, sonhar, buscar, agir”, por exemplo, quando estamos sem forças, precisamos ter esperança, que é diferente de ficar esperando.

Esperançar é “sonhar, é definir o que se quer, e o como irá alcançar”, então esperançar passa a ser uma força que nos torna resilientes.

Aliás, essas duas palavras são parecidas no Português, porém em outros idiomas, como o Inglês por exemplo, são palavras completamente diferentes. Veja:

HOPE = Esperança

WAIT = Esperar

No dicionário etimológico em Inglês, aquele que mostra a origem das palavras, a palavra HOPE vem do Inglês antigo Hopa, que significa “Confiança no Futuro”.

Já a palavra WAIT vem de Watcher, que significa “observador, espectador, aquele que assiste apenas da plateia”.

Um é positivo e o outro é negativo, um é ativo e o outro é passivo.

Então, pare de esperar, e passe a esperançar!

Traga a memória o que te dá esperança, foi o tema da mensagem do Pr. Francisco nesse Culto de CELEBRAÇÃO da AD Shalom

Em outras palavras, enquanto aquele que tem ESPERANÇA tem confiança em um futuro de sucesso, o que ESPERA apenas observa, sentado na platéia da vida, esperando que algo de bom aconteça.

O agricultor espera com paciência o fruto da semente que plantou. Os que servem ao Senhor devem esperar em Deus serem recompensados; os que oram têm o direito de esperar em Deus serem atendidos a qualquer momento.

Talvez seja por isso que a palavra ESPERANÇA aparece tanto nos textos bíblicos, e a confundimos com o simples “esperar” de que as promessas divinas se realizarão, quanto tudo o que fazemos é ficarmos parados somente esperando que as coisas aconteçam!

Pelo contrário, devemos nos esforçar ao máximo para que nossas esperanças se realizam, tendo uma fé operante e resplandecente, um tipo de fé que nos motive, nos movimenta rumo ao nosso objetivo.

De acordo com a Bíblia, a ESPERANÇA é uma das três características da doutrina da regeneração, conforme é possível comprovar em I Coríntios 13:13: “Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor.”

Também é possível verificar que a ESPERANÇA está relacionada com a fé, de acordo com Hebreus 11:1: “Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.”

Assim como a fé, a esperança precisa ser praticada sem garantia dos olhos. Diz a Palavra: “ora, a esperança que se vê, não é esperança; quem espera o que não vê, com segurança espera”. O mesmo ocorre com a fé; “quem diz que crê no que vê, isto não é fé, é incredulidade, mas se crê no que não vê, com segurança crê” (Rm 8:24-39.

Em Jeremias 29:11, podemos ver que Deus quer que o Seu povo tenha esperança: “Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de causar dano, planos de dar a vocês esperança e um futuro.”

Para um cristão, ter ESPERANÇA é saber que apesar das dificuldades/circunstâncias enfrentadas nesta vida, que o MELHOR AINDA ESTÁ POR VIR.

O texto de Lamentações 3:22-26 (leia) nos mostra que ESPERANÇA não é somente um direito, porque aquele se deixa esperançar no Senhor está depositando sua confiança no caráter de Deus. Foi Ele quem disse: aguarde, seja fiel e fez uma promessa. Este trecho nos mostra que Deus é misericordioso e carinhoso (v. 22), fiel (v.23), bondoso (v.25), salvador (v.26) e que é bom esperar tranquilo pela Sua salvação.

Não é a toa que está escrito “o seu poder se aperfeiçoa na minha fraqueza, pois quando penso que estou fraco, é que estou forte” (II Coríntios 12:9-10).

A palavra de Deus é repleta de homens como o próprio Jeremias que se afligiram, que sentiram tristeza, foram atribulados, mas não angustiados, perplexos, mas não desanimados, perseguidos mas não desamparados, abatidos mas não destruídos, porém em tudo, deixaram que a luz resplandecesse através de suas vidas, sabendo que a excelência do poder era de Deus, e que eles eram apenas instrumentos do Pai em todo tempo, que a vida deles cumpria um propósito maior.

Jeremias, disse que iria trazer à MEMÓRIA somente aquilo que podia lhe trazer ESPERANÇA.

Muitas vezes não fazemos isso. Em meio às batalhas diárias, aos gigantes que vêm nos afrontar, por diversos momentos esquecemos o tamanho do nosso Deus e focamos no problema…

O problema vira literalmente a meta diária e esquecemos quais são as nossas armas poderosas. ESQUECEMOS daquilo que o Senhor já fez por nós e nos queixamos dizendo “Deus não me ajuda!” ou “Deus se esqueceu de mim”… Se não bastasse dizer isso, ainda levamos o tal problema para quem não pode fazer nada para resolver e assim, além do problema número 1, se cria o problema número 2, pois você terá a sua vida na boca e ouvidos de quem não pode resolver o que se passa.

Hoje, eu quero te encorajar a lembrar de tudo que Jesus já fez por você, pela sua família. Lembre-se de quantas vezes o Senhor te vestiu, te alimentou, te abençoou, te deu amor, protegeu, consolou. Lembre-se daquela prova que você venceu, das pequenas vitórias, das grandes também.

A bíblia relata muitos casos de pessoas que tinham tudo para dar errado se fossem olhar para o problema.

Abraão era velho demais para ter filhos, Davi foi rejeitado por sua família e por seu profeta, José foi vendido como escravo pelos irmãos, Jefté era filho de uma prostituta, Gideão tinha um exército muito pequeno, Jesus já suava gotas de sangue e teria que ser crucificado, mas todos eles por terem decidido trazer a memória somente aquilo que lhes trariam esperança alcançaram lugares de honra e bênçãos da parte do Senhor.

Abraão foi pai de uma multidão, Davi se tornou rei de Israel, José se tornou governador do Egito, Jefté se tornou juiz de Israel, Gideão venceu todo o exército dos midianitas com apenas trezentos homens, e quanto a Jesus “Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor” (Filipenses 2:9-11)”

Traga HOJE em sua memória àquilo que pode te alegrar. Não dê brechas ao inimigo, pois é isso que ele quer, te abater, te fazer olhar para o chão! Lembre-se mais uma vez: Quando você está fraco, aí é que você está forte! Jesus te faz forte!

Esperar é triste, ter ESPERANÇA é alegre.
Esperar é estático, ter ESPERANÇA é movimento.
Esperar é ver as coisas acontecerem sem a sua interferência, ter ESPERANÇA é interferir ativamente na vida, é criar futuro e não esperar por ele.

Não permita que sua ESPERANÇA acabe por se transformar em ESPERA. Levante-se e faça com que o seu futuro aconteça conforme você imaginou.

Chega de ser um mero espectador da vida, assistindo da plateia as pessoas de sucesso voarem mais e mais alto. Saia da plateia e suba no palco.

Deixe a ESPERANÇA ganhar vida em você, e transbordar do peito para fora, gerando movimento em direção ao que você deseja que aconteça.

VIDA é movimento, ESPERANÇA é movimento, SUCESSO é o resultado desse movimento.

Muitas pessoas me perguntam o que é SUCESSO, e sempre respondo que sucesso não é nada mais e nada menos, do que o encontro da PREPARAÇÃO com a OPORTUNIDADE, ou seja, ninguém terá SUCESSO se não se prepará-la para as OPORTUNIDADES que irão surgir.

E então, vai ficar aí parado esperando o SUCESSO cair no seu colo, ou vai levantar dessa paralisia emocional e tomar à força o que lhe pertence das mãos do medo/preguiça, que tenta fazer você ficar aí parado esperando… esperando… esperando…

E por fim, se você estiver interessado em participar de uma jornada teológica comigo, CLIQUE AQUI e faça sua ASSINATURA Teologia24horas, e tenha ACESSO ILIMITADO ao CONTEÚDO dos MÓDULOS do Curso de Teologia Sistemática.

Espero que esse Refrigério Teológico possa te beneficiar em seu crescimento espiritual, e que sinta-se cada dia mais entusiasmado(a) em continuar o serviço do Mestre com excelência, espero que converse, compartilhe, discuta com o seu cônjuge, seus filhos, seus irmãos e amigos esse tema.

Teologia24horas, tornando sua experiência de autoaprendizagem, muito mais FÁCIL, INTUITIVA e principalmente INTERATIVA, e o melhor de tudo, aonde você estiver, a hora e quando quiser, e acredite, no seu tempo e no seu ritmo!

Estou à sua DISPOSIÇÃO para lhe ouvir, não HESITE em entrar em contato comigo caso surjam dúvidas, reclamações ou sugestões, através da nossa ComUNIDADE no Sparkle, Facebook, Telegram e principalmente pelo WhatsApp, se preferir faça suas considerações/comentários no ESPAÇO RESERVADO aqui abaixo…​

Será um prazer contribuir com seu desenvolvimento teológico, na certeza de que você contribuirá com o desenvolvimento de outras pessoas.

Um grande abraço, e até o próxima!

“Que o SENHOR JESUS te ABENÇOE e te GUARDE, que o SENHOR JESUS faça RESPLANDECER o seu ROSTO em ti, e tenha MISERICÓRDIA de ti, que o SENHOR JESUS se LEVANTE ao teu FAVOR, e te dê a PAZ e a PROSPERIDADE” (Nm 6:24-26).

Seu irmão em Cristo, Pr. Francisco Miranda do Teologia24horas, um jei​to inteligente de ensinar e aprender!​